quinta-feira, 30 de dezembro de 2010



- Não olha agora, mas eu vi a garota mais bonita que eu ja vi em toda a minha vida.
- Onde?
- A sua esquerda, mas não olhe tão rápido.
- Eu aposto que ela fica cansada das pessoas ficarem olhando pra ela toda hora.



Joanna Cavalcante
Estou apaixonada, boba talvéz. Está tomando conta do meu ser.
Escrevo repetidas vezes, teu nome em meu caderno
O telefone toca, me desespero
Na esperança de ouvir sua voz.

Eu me apaixonei pelo dono do melhor beijo, melhor olhar, melhor tocar.
Sinto falta de tudo, dos momentos felizes que eu tive com você
Sempre que a noite caí, meu coração se contraí
Por saber que um dia ele foi seu.

Meus amigos me chamam de louca, pois teu nome não saí da minha boca
Não consigo dormir, só pensando em ti
Pois ainda te amo, amor vou te procurar...

 




Joanna Cavalcante 

terça-feira, 28 de dezembro de 2010

Broken - Lifehouse

[...]
Eu estou caindo aos pedaços, mal estou respirando
Com um coração quebrado que ainda bate
Na dor ainda há cura
Em seu nome eu encontro significado
Então eu estou aguentando, estou aguentando, estou aguentando
Eu apenas estou me segurando em você


(minha música preferida, diz tudo que guardo no peito) 


Joanna Cavalcante

Uma história de tempo - FINAL

Se fosse uma novela, estaria tocando “Broken”, a música preferida dela, a primeira que ela o enviou. O cabeleireiro sentiu o impacto daquela presença, então saiu.
- Eu não consigo lembrar bem de você. - disse ela, após um minuto de silêncio, tentando buscar o rosto dele nas memórias antigas. - Quem é ele? - perguntou à loira.
Ele não sabia se tinha mudado muito, ou se apenas ela dizia isso ironicamente.
- Sou eu, o rapaz do sorriso lindo, o príncipe, o fogo e gelo.. - Eram todas as palavras que ela o chamava, ele as repetia, assustado, desesperado - Sou eu, o ..
- Acho melhor você sair, ela tem que respirar para poder descer, não é? - disse a loira, empurrando-o para a porta. - Então, chamarei alguém pra vir. Estarei no altar.
Ele ficou assustado, a loira fez um sinal para ele sair. Então atravessou o quarto, incrédulo, deixou a caixa de cartas na mesa, deu-lhe um beijo na testa e abriu a porta. Ele ainda não acreditava nisso, ela não lembrava dele.
- Fique para o casamento. - disse ela, sorrindo, enquanto eles dois saiam.
- Por que não deixou dizer meu nome? - perguntou à loira, parecia estar bravo.
- Porque ela ainda.. - parou.- não pode saber quem é você.
- Ela ainda me ama? - perguntou, feliz, segurando o trinco da porta. - Ela só não me reconhece, então. - A loira o interrompeu.
- Não, não é isso. Ai meu Deus, não acredito que vou ter que te falar isso agora. Eu tenho um casamento para ajustar os detalhes. Faça o seguinte: me ligue, contarei tudo. Ou espere até fim do casamento.
- Não, eu não aceito. Me diga isso agora. Por que?
A loira respirou fundo e percebeu que tinha que ceder.
- Tudo bem, venha comigo. - ela disse, o levando para o quarto da frente. Ao entrarem ela ficou de costas para ele e começou: - Depois da última vez que vocês se viram, no noivado do primo, ela começou a usar drogas. Ela começou a ter problemas sérios. Bebidas, choros, gritos, loucuras mesmo por causa de você. Várias pessoas tentaram falar com você, e eu – ela virou para ele – fui uma dessas pessoas, mas você não queria ouvir falar dela, nem nada. Então a única coisa que deveria ser feito era interná-la. Ficou lá por 3 anos, continuando com crises por causa de você. Falava somente que você a esperava do lado de fora, dizia que você a amava. Depois que saiu, você não apareceu mais, quando aparecia ela não te via, mas eu via, e eu só sentia nojo de ti. Ela percebeu que você nunca chegaria, nunca responderia as coisas que ela lhe escrevia, nunca ligaria.. e então parou, se isolou. Sua mãe pensou em interná-la novamente, mas a família não via como uma boa escolha. Foi aí que uma vez, em uma de suas visitas à clínica, ela conheceu seu noivo e então ele se apaixonou por ela, tentou conquistá-la durante quatro anos. Ela o usou como um remédio para curar a dor que sentia por você..
- Ei, aqui está você! - interrompeu um homem branco e alto. - Está chegando a hora.
- Já vou. - disse ela, e ele saiu.
- Eu posso mudar tudo isso. Sou diferente agora, ela precisa saber quem sou eu, já que me ama. - dizia ele, desesperado.
- Claro que não. Você não viu? Você a chamou de tudo que ela te chamava, mesmo assim não adiantou. Muitas coisas, como esta, foram apagadas pelo tempo, ou até mesmo pelas drogas.
- Ela vai mesmo casar com outro que ela não sente nada? - ele perguntou, segurando as lágrimas que inundavam os olhos.
- Ela sente algo por ele, mas não a mesma coisa que sente por você. Ela tinha que seguir em frente, eu sinto muito. Você deveria ter aparecido mais cedo, quem sabe você estaria lá embaixo a esperando agora. - ela respirou fundo e limpou a lágrima que escorria em suas bochechas. - Eu tenho que ir agora.
Ele saiu logo depois, ia falar com ela, mas desistiu quando a viu na porta do quarto, saindo, sorrindo e feliz. Ela olhou para ele, como aquela primeira vez, talvez.
Ficou observando-a até descer as escadas, então decidiu pegar aquela caixa e levar para casa novamente, ela não merecia reviver tudo aquilo.
Enquanto ia embora, olhou para ela mais uma vez, ela o olhava e sorria, o mesmo olhar e sorriso do primeiro beijo deles.
Um dia iriam se reencontrar? Um dia viveriam felizes juntos? Ele não sabia, mas ia lutar por isso, não ia deixar mais uma vez 10 anos passarem...

@JoannaFarias_
"Eu quase consegui abraçar alguém semana passada. Por um milésimo de segundo eu fechei os olhos e senti meu peito esvaziado de você. Foi realmente quase. Acho que estou andando pra frente. Ontem ri tanto no jantar, tanto que quase fui feliz de novo. Ouvi uma história muito engraçada sobre uma diretora de criação maluca que fez os funcionários irem trabalhar de pijama. Mas aí lembrei, no meio da minha gargalhada, como eu queria contar essa história para você. E fiquei triste de novo. Hoje uma pessoa disse que está apaixonada por mim. Quem diria? Alguém gosta de mim. E o mais louco de tudo nem é isso. O mais louco de tudo é que eu também acho que gosto dele. Quase consigo me animar com essa história, mas me animar ou gostar de alguém me lembra você. E fico triste novamente. Eu achei que quando passasse o tempo, eu achei que quando eu finalmente te visse tão livre, tão forte e tão indiferente, eu achei que quando eu sentisse o fim, eu achei que passaria. Não passa nunca, mas quase passa todos os dias. Chorar deixou de ser uma necessidade e virou apenas uma iminência. Sofrer deixou de ser algo maior do que eu e passou a ser um pontinho ali, no mesmo lugar, incomodando a cada segundo, me lembrando o tempo todo que aquele pontinho é um resto, um quase não pontinho. Você, que já foi tudo e mais um pouco, é agora um quase. Um quase que não me deixa ser inteira em nada, plena em nada, tranqüila em nada, feliz em nada."

Tati Bernardi

@JoannaFarias

quinta-feira, 23 de dezembro de 2010








(...) E desejá-lo assim, com todos os lugares comuns do desejo, a esse outro tão íntimo que às vezes julga desnecessário dizer alguma coisa, porque enganado supões que tu e ele vezenquando sejam um só (...)
Caio Fernando Abreu - Natureza Viva







@JoannaFarias_

25 de dezembro, o dia mais vermelho do ano.



Natal está chegando, a melhor parte do ano para alguns e uma das noites mais tristes para outros(como por exemplo, pra mim).
É o tempo em que a casa, a loja, a escola ficam enfeitadas.
É o tempo do perdão, da troca de presente, das declarações, das lágrimas, das bebedeiras.
É o tempo que os apaixonados olham para o céu e dedicam uma estrela para a pessoa amada.
É o tempo em que os corações ficam solidários a ajudar a quem precisa.
É o tempo em que o Roberto Carlos aparece.
É o tempo em que as pessoas comemoram e não sabem/não lembram o por quê.
É o tempo em que todos fazem um pedido baixinho ao Papai Noel, na esperança de que se realize.
É um tempo lindo para quem mora onde cai neve.
É o tempo de desejar Feliz Natal e dar aquele abraço forte as pessoas amadas.

Por estas razões, desejo boas festas à todos, um Natal lindo para cada um de vocês. Deus ilumine os passos de todos nesse dia. Que o Papai Noel realize os desejos. Um beijo e um abraço, @JoannaFarias_
.

Uma história de tempo - PARTE II

- Tudo bem, mas vai esperar do lado de fora do quarto até eu mandar você entrar, está bem? - disse ela, ainda mostrando indecisão.
Ele respirou fundo e foi logo atrás da loira alto de salto. Sentiu vontade de fazer careta para o moreno alto, até lembrar-se que voltaria sozinho depois.
Enquanto passava pelo jardim, os amigos e conhecidos o olharam. Mais uma vez surpreendeu. Quando entrou na casa, sentiu seu coração bater mais forte, ficou mais ansioso. Começaram a subir as escadas, estava cada vez mais perto dela.
- Ela já está pronta? - perguntou a loira à uma mulher mais velha, que parecia com a noiva. Talvez a mãe.
- Está. - disse e olhou para ele, tentando reconhecer.
- Pois vou lá. - disse a loira, antes que a mulher o reconhecesse.

- Ela ainda lembra de mim? - ele perguntou, com a voz tremendo.
- Fique aqui e calado. - disse ela, ignorando a sua pergunta. - Vou aprontá-la para isso.
Então a loira entrou.

Fechou os olhos, respirou fundo. Como um cigarro lhe fazia falta naquele momento. Foi até a varanda, olhou para todos que estavam ali, e voltou para perto da porta. Sua mão estava suada, assim como seu rosto. Não era um suor normal, de calor, era um suor frio, de nervosismo.
Começou a bater os pés no chão, e até a assoviar, mas não estava funcionando. Era agora. Ou entrava, ou ia embora. Resolveu a segunda opção. Começou a descer as escadas e mais uma vez se perguntou o que estava fazendo. Voltou e sem pensar abriu a porta.
Ela estava sentada em uma cadeira, recebendo os últimos retoques do maquiador. Seus olhos estavam fechados. A loira estava de pé, calada, na frente dela.
- Eu disse pra você não entrar agora. - disse a loira, baixinho.
- Pronto, está ótima. - disse o maquiador.
Ela abriu os olhos e se olhou no espelho, maravilhada consigo mesma. Ficou de pé, queria ver como estava. Foi o momento em que a ficha caiu. Ele não acreditava no que via, nem ela, nem a loira, nem o cabeleireiro. Ela estava magnífica, perfeita, parecia mais um anjo.
- Você está .. - começou a loira.
- .. Divina. - terminou ele.
Foi quando ela se virou para trás, e a expressão do rosto mudou. Outra vez surpreendeu alguém, mais uma vez foi uma surpresa ruim.

@JoannaFarias_

Uma história de tempo - PARTE I

“Me procure que eu sempre vou estar te esperando.” Era a ultima frase da carta que ele lia pela quarta vez. Ou era a quinta? Ele tinha pouco mais de três horas e não sabia o que fazer. Aquilo tinha sido escrito há 10 anos, talvez ela nem lembrasse mais.
Outra vez deitou na cama, colocou a mão sob o rosto e respirou fundo. Logo olhou para o relógio mais uma vez, seu coração acelerou. O tempo estava passando e ele parado. Isso não podia acontecer. Levantou-se e foi em direção ao guarda-roupa. Estava decidido.
Ficou pronto em 10 minutos. Não estava bem vestido para a ocasião, mas quem ligava para isso? Apanhou as chaves e passou correndo pelos corredores. O carro estava bem estacionado, foi rápido ao tira-lo.
Começou a dirigir pelas ruas se perguntando como seria aquilo. Como entraria? Com quem falaria? O que faria? Olhou para o trânsito congestionado e perguntou o que estava fazendo. Sua mente não encontrava lógica para aquilo, mas seu coração sim:
Ele não dormia direito há dez dias, desde que soube.
Ele largou o emprego e a namorada por causa dela.
Ele leu todas as cartas enviadas por ela.
Ele não parava de pensar nela.
Ele gastou em cerca de quinhentos reais só em bebida para aliviar a dor que sentia ao lembrar dela.

Ele tinha cinqüenta quilômetros e duas horas e meia. Acreditava que daria tempo.
Começou a ouvir músicas antigas e a fumar, para relaxar. Daí vieram as lembranças, e com elas vieram as lágrimas. Uma mão no volante e a outra na janela, segurando o cigarro, sempre olhando pra frente. O tempo mostrava que logo começaria a chover. Entrou na estrada fácil, agora mais rápido. Acelerou mais, e a cada curva as cartas caiam, e mais uma vez as apanhavam. Seu telefone tocava, era sua mãe. Tinha se esquecido que era domingo, dia de almoço em família. Achou melhor não atender.
Acabou chegando com trinta minutos de antecedência.

O casamento aconteceria na casa do noivo, o que dificultaria para entrar. Olhou pelo retrovisor, viu alguns amigos chegando. Pensou até em acompanha-los, mas ainda não sabia se estava pronto para entrar e fazê-la mudar de idéia. Não sabia se era isso mesmo que queria, ou apenas ficar no carro, vendo ela passar logo depois, casada. Colocou a cabeça entre no volante, jogou fora o cigarro, juntou as cartas e saiu do carro.
Começou a pensar em algo quando viu que só entrava com convite. Ele não tinha convites ali.
- Convite, por favor. - disse o homem moreno e alto que estava no portão principal.
- Senhor, eu o esqueci.
- Só entra com convite. - disse o moreno alto, já atendendo outro alguém.
Olhou mais uma vez para ele e ao ver que o moreno era 10 centímetros mais alto que ele, achou melhor não insistir. Até que ele vê uma mulher alta, loira e magra. Ele a reconheceu. Era aquela amiga dela, que ele conversava. Ela lembraria dele?
- Ei, você de vermelho. - gritou ele, uma tentativa fracassada. - Senhor, chame-a, ela confirmará minha entrada. - O homem não deu importância para o que ele dizia.
- Ei, você, olhe aqui. - gritou novamente.
A moça de vestido vinho - e não vermelho - olhou para trás. Viu aquele homem meio barbado e tomou um susto. Pediu licença as pessoas com quem conversava e foi até o portão.
- Não acredito que você está aqui. - disse ela, surpresa.
- Acredite. - disse ele, puxando-a para longe do homem alto moreno. - Preciso que me coloque para dentro.
- Eu não posso fazer isso.
- Por que não? Vamos, por favor. Leve em consideração todas as nossas conversas.
- As conversas que eu me estressei totalmente com você? As conversas em que você era um completo babaca? Agora que não entra mesmo. - disse ela.
- Vamos, por favor. Eu vim de longe, preciso falar com ela. Olhe – então ele mostrou a caixa com as cartas, as fotos e o cd –, eu trouxe isso pra ela ver, vamos, me deixe entrar.
Ela olhou para a caixa e mostrou-se indecisa. Não sabia o que fazer.

@JoannaFarias_

quarta-feira, 22 de dezembro de 2010




O amor é sempre paciente e generoso... nunca é invejoso.
O amor nunca é prepotente nem orgulhoso
Não é rude nem egoísta
Não se ofende nem se recente do mal
Não se alegra do pecado alheio
Me se regojisa com a verdade
E tudo perdoa, tudo crê, e tudo espera e tudo tolera
Seja o que vier!

Um amor para recordar.

@JoannaFarias_

terça-feira, 21 de dezembro de 2010

Carta, rabisco..




Oi? Desculpe-me por estar te interrompendo, mas queria saber como você está. Sei que nem tem importância saber como estou, mas lhe digo que estou bem, na medida do possível. Queria saber como anda sua vida.. sua vida profissional, estudantil, até sua vida amorosa. É, já estou relaxada, pode desabafar comigo. Qualquer coisa sobre você vai me deixar bem, feliz.. São duas horas da manhã aqui, estava deitada, pensando como será nosso encontro daqui a alguns dias. Queria saber se você vai olhar pra mim, se vai me cumprimentar, se vai sorrir, se vai me encarar, se vai ... Ah, desculpa. Tinha me esquecido que você não quer que eu te fale essas coisas. Desculpe-me mesmo. Esqueça que tinha isso escrito, tudo bem? Vamos voltar a falar de você. Como estão seus pais? Sua irmã?

...

Sabe, o que me motivou em escrever essa carta foi lembrar do dia em que nos conhecemos. Pois é, estou recordando como aquela noite foi boa. Lembrando o jeito que você sorria pra mim, o jeito que você me olhava, o jeito que você me tocava.. Já te disse que seu sorriso é lindo? Se não disse, estou dizendo. Se já disse, estou dizendo de novo. Mas não é apenas seu sorriso, também tem o modo de que seus olhos ficam quando você sorri. Sua boca também é linda, seus cabelos.. sua pele é boa de tocar. Você às vezes nem parece real pra mim. Ah, desculpa. Estou cometendo o mesmo erro, não é? Então desculpe-me mais uma vez.

...

Aí está frio? As noites aqui começaram a ficar frias, o que é bom. O inverno logo começará. Estou com um pouco de frio, mesmo com o ventilador no número 2. Estou rindo agora, em perceber essas bobagens que estou te falando.
Falando em inverno, lembra que choveu naquela noite? Eu fiquei te admirando debaixo daquele teto, comendo. Meu Deus, como era lindo te olhar! ERA lindo, pois hoje só me dói. Me dói tanto perceber que não estamos juntos por alguma razão que nem sei. Me dói em saber que você sabe o que sinto e mesmo assim não quer estar comigo. :( Desculpa, desculpa. Comecei a me lamentar. Por favor, me desculpe. Eu sempre confundo essas conversas, desculpe.
Acho melhor eu parar por hoje, ou posso acabar cometendo o erro novamente e te deixar irritado. Desculpe pelas coisas erradas que fiz (como me apaixonar por você), prometo tentar não cometer mais tantos erros. Eu te amo muito, e estou aqui na sua espera.

Daquela que seria sua amiga, amante, amada...


@JoannaFarias_

Quando um olhar vale mais que mil palavras.



Percebe a magia que há entre eles?

@JoannaFarias_

Vida




Assim que nascemos é como se encontrássemos em uma sala de pintura, com várias telas, tintas e pincéis. À partir daí devemos decidir se pintamos nossa própria tela, se pedimos para que alguém pinte, ou se continuamos a pintar aquela tela que já foi iniciada por outra pessoa.
Se a nossa escolha for pintar a nossa própria tela devemos aceitar as dicas de outros pintores, os conselhos e exemplos. É claro que algumas dessas indicações irão fazer com que nosso quadro seja pintado com perfeição, já outras com defeitos.
As tintas e a organização com a qual iremos pintar, somos nós quem decidimos. A nossa vida é exatamente assim, uma tela que após pintarmos, iremos receber nossa nota. Durante esta pintura irão passar várias pessoas a observar sua tela, algumas elogiando, e outras difamando, dizendo o que devemos acrescentar ou tirar.
Mas o importante mesmo é aprendermos com os erros e tentar concertá-los, para que no final de nossa obra de arte e a nossa tela possa estar organizada, é claro, porém a maior parte do quadro deve ter acertos e/ou concertos. Para que assim a nossa nota possa valer a pena.

@Joannafarias_

segunda-feira, 20 de dezembro de 2010

video

"(...)E de alguma forma, de alguma forma, de alguma forma compartilhar um pouco do irresistível, imortal, poderoso, incondicional, envolvente, enriquecedor, agregador, atual, infinito amor que eu tenho por você."

@JoannaFarias_



@JoannaFarias_

O NUNCA MAIS de não ter quem se ama torna-se tão irremediável quanto não ter NUNCA MAIS quem morreu. E dói mais fundo- porque se poderia ter, já que está vivo(a). Mas não se tem, nem se terá, quando o fim do amor é: NEVER. Caio Fernando Abreu


Joguei tudo fora, fiz tudo o que me pediu, te entreguei meus dias, meus sentimentos, meus sonhos e minha vida. Fiz das suas dores as minhas, dos seus sorrisos uma vitória, de suas lágrimas minha queda, fiz da sua vida, minha vida. Olhei por você o tempo todo, quis tê-lo por perto até de baixo d'agua. Não deixei de amá-lo nem por um segundo. Sofri. Chorei. Gritei. LUTEI. E tenho lutado todos os dias, com todas as forças que eu posso pensar em ter. Não desisti em nenhum momento, por nenhum motivo, por pior que pudesse ter sido. Você sempre foi prioridade em minha vida, sempre o seu sentimento foi o mais sincero e eu nunca tive medo de mostrar isso pra ninguém, nunca precisei esconder nada de ninguém, e nunca vou fazer isso. Tudo que algum dia eu disse pra você, foi verdade.. Em todos os lugares eu estava pra te ver, em todas as manhãs eu abria os olhos com a esperança de encontrá-lo ao meu lado, todas as noites eu deitava pra dormir e o primeiro que vinha em meus sonhos e em minhas orações, era você. Nunca foi diferente e não tem o porque de ser. Nunca pensei que eu chegaria tão longe com alguma coisa, e também nunca pensei que alguém pudesse tirar tanto de mim, mesmo nunca estando presente em minha vida. Eu nunca tinha acreditado em amor até meus olhos encontrarem você e ficar a sua imagem em minha cabeça.
Hoje eu não enxergo mais minha vida sem você, não consigo pensar direito com você na minha mente, não conseguiria suportar a idéia de você não ser meu e acho que nunca vou me acostumar com a sua ausência. Tudo é mais difícil e complicado sem você por perto, os dias são longos e as noites em que eu posso sonhar que você está perto, são curtas. As manhãs são frias sem que eu possa te tocar e as tardes são cada vez mais geladas sem você no meu olhar. A vida se transformou em um mar infinito de ilusões e desilusões, os meses parecem que pararam no tempo e os anos já não são os mesmos. As pessoas que me rodeiam já não são o suficiente pra me deixarem realmente feliz e tudo que está ao meu redor lembra do seu rosto. Eu juro que não sei o que acontece comigo e nem quero saber, porque minha única certeza hoje é que você é sim o amor da minha vida e nunca vai deixar de ser. Espero que sempre se lembre que quando tudo estiver perdido e que não tenha ninguém pra ficar ao seu lado, eu vou estar lá, independente de quanto tempo tenha passado e de quantas vezes você já vai ter feito eu chorar por você. Quando não tiver mais ninguém que te amo ou que te queira por perto, venha até mim que eu vou te mostrar que existiu sim pessoas que te amaram, mas nunca com tamanha intensidade. Quando precisar de um amigo pra desabafar ou simplesmente jogar conversa fora sem se preocupar com a vida que te espera, me procure que eu sempre vou estar te esperando.
Eu sinto, mais forte do que nunca, que não há e nem vai existir pessoa nesse mundo capaz de ser melhor que você em todos os sentidos, pra mim. Eu sempre soube, desde o primeiro momento que o que eu sentia por você era, é, e sempre vai ser o sentimento mais verdadeiro que alguém pode ter. Eu sei, você sabe, que a única pessoa capaz de me fazer parar de respirar, é e sempre será você.

@JoannaFarias_